domingo, 9 de dezembro de 2012

Dom Basílio: " TL é número um no Catolicismo e também na corrupção"

.

TEMPO SEMANAL - Baucau, 08/12/2012 - Tradução de TIMOR HAU NIAN DOBEN

O bispo da diocese de Baucau, Dom Basílio do Nascimento, disse que apesar da maioria da população de Timor-Leste ser católica e ser o país número um que professa esta religião, a nação é também a número um na corrupção.

O bispo Basílio fez estas declarações hoje de manhã (08-12-12) durante uma missa de ordenação de novos padres no colégio de Fatumaca, em Baucau. Estiveram presentes muitos fiéis, um grande número de parlamentares timorenses e ainda membros do V Governo Constitucional, nomeadamente o ministro da Educação e o secretário de Estado para a Eletricidade.

 O bispo em voz bastante alta disse que a Corrupção, Conluio e o Nepotismo (mais conhecido em Timor pelo acrónimo KKN) muitas vezes são praticados pelos governantes que ocupam cargos chave desta nação.

O pontífice Nascimento contou uma história de uma viagem sua ao estrangeiro, no passado mês de outubro.

 Ele declarou que, quando ele se encontra com os seus amigos bispos, eles sempre louvam o espírito dos timorenses e o Dom Basílio sente orgulho e disse que o que as pessoas elogiam está correto, mas dentro do coração dele, ele sente que, " Timor-Leste é o número um no Catolicismo e também na corrupção".

Muitos dos membros do governo praticam a corrupção, conluio e o nepotismo e apesar disso, muitas vezes a boca deles está sempre a falar da transparência e da responsabilidade (prestação de contas).

Há muitos casos que estão já registados no tribunal, contra ex-membros do governo e alguns funcionários públicos. Apesar dos grandes esforços que já foram feitos, o KKN nesta nação continua a aumentar ainda mais.

Amanhã, dia 9 de dezembro, Timor-Leste celebra o dia mundial do combate ao " dengue" da Corrupção, Conluio e Nepotismo, onde estão a "nadar" muitos dos membros do governo desta nação.

De acordo com o horário facultado pela Comissão Anticorrupção, esta cerimónia terá lugar perto de Halihun, ao lado do antigo Comando Militar Distrital (indonésio) e irão estar presentes membros do governo deste país.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.