sábado, 26 de janeiro de 2013

TIMORENSE VIOLA MULHER FILIPINA

.

CJITL - 24 de janeiro de 2013 - Tradução de TIMOR HAU NIAN DOBEN 

Um aluno bolseiro timorense, Marcelino Azino da Cruz, de 26 anos que se encontra a estudar nas Filipinas, violou duas mulheres naturais deste país. 

De acordo com a noticia que se pode ter acesso aqui, podemos ler que antes de Marcelino Azinho da Cruz ter violado sexualmente Nida (nome falso) de 23 anos, ele mentiu-lhe que lhe iria dar um emprego como aeromoça e que antes de ela começar a trabalhar, de acordo com os requisitos da companhia, ele teria de lhe fazer um exame físico. 

Marcelino Azinho da Cruz apresentou-se à mulher como sendo Benito Santos e gerente do Tiger Airwyas" e conseguiu que Nida tirasse as roupas para ele fazer o teste físico no Hotel Imperial. 

"Marcelino apresentou-se à vítima como sendo funcionário dos recursos humanos da companhia Tiger Airways ", declarou o superintendente Fernando Perez. 

De acordo com o testemunho do superintendente Perez (membro da policia filipina) ele afirmou que, após a chegada ao hotel, a mulher tirou as suas roupas, uma por uma, e Marcelino tirou fotos de Nida nua, antes de a ter violado. 

Perez contou que enquanto estava a ser violada, Nida tentou gritar mas Marcelino ameaçou-a dizendo que era melhor ela calar-se porque senão ele iria pôr todas as fotos que ele tirou dela no Facebook. 

Perez acrescentou ainda que, num outro dia Marcelino levou outra mulher, Cantik" (nome falso), de 21 anos para um hotel em Malabanias em Angels City e apresentou-se mais uma vez como funcionário da companhia Tiger Airways. 

Ao chegarem ao local, Marcelino levou a " Cantik" para o quarto do hotel e disse-lhe para ela tirar a roupa, mas ela recusou-se e fugiu a gritar por ajuda, os empregados da unidade hoteleira vieram em seu auxílio. 

Este acontecimento teve lugar no passado dia 13 de janeiro e neste momento, Marcelino encontra-se detido na esquadra da polícia de Angels City, nas Filipinas. (Amanu Ximenes-CJITL). 

Ler esta notícia em Tétum aqui.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.