quinta-feira, 21 de março de 2013

Indonésia renova apoio a adesão de Timor-Leste à associação do Sudeste Asiático

.

Jacarta, 20 mar (Lusa) -- O Presidente indonésio, Susilo Bambang Yudhoyono, renovou hoje, durante um encontro com o primeiro-ministro timorense, Xanana Gusmão, o apoio à adesão de Timor-Leste à Associação de Nações do Sudeste Asiático (ASEAN).

Nenhum dos dois líderes falou à imprensa após o encontro, mas o chefe da diplomacia indonésia, Marty Natalegawa, deu conta do apoio de Jacarta à integração de Timor-Leste naquela organização regional.

Citado pela agência oficial chinesa Xinhua, Marty Natalegawa adiantou que abordará o assunto durante o encontro com o seu homólogo de Singapura, K. Shanmugam, na próxima quinta-feira, sem dizer se é esta cidade-Estado que tem bloqueado a adesão de Timor, mas recordando que é preciso consenso entre todos os membros da ASEAN.

"É óbvio que Timor-Leste faz parte do sudeste asiático. É também óbvio que o futuro do sudeste asiático não será positivo, próspero e estável se Timor-Leste não fizer parte da ASEAN", destacou o ministro indonésio, citado pela agência indonésia Antara News.

Para que tal aconteça, a Indonésia tem dado assistência a Timor-Leste para preparar a adesão, referiu, citado pelo jornal indonésio Jakarta Post.

No encontro, que durou hora e meia, o chefe do governo timorense e o Presidente indonésio falaram ainda sobre as disputas fronteiriças que permanecem por resolver entre os dois países, referiu o ministro indonésio.

Segundo Natalegawa, os responsáveis concordaram em "encontrar uma solução o mais cedo possível", o que deverá acontecer ainda este ano.

Em causa estão as regiões de Dilumil e Memo, Bijael Sunan e Oben e Noelbesi e Citrana, que perfazem cerca de dez por cento da fronteira partilhada.

SBR // APN

Lusa/fim.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.