segunda-feira, 4 de março de 2013

PR de Timor-Leste promulgou Orçamento de Estado para 2013

,

Díli, 04 mar (Lusa) - O Presidente de Timor-Leste, Taur Matan Ruak, promulgou hoje o Orçamento Geral do Estado para 2013, com efeitos a partir de sexta-feira, refere em comunicado a Presidência timorense.

"Acabo de promulgar o Orçamento Geral de Estado para o ano de 2013 e desejo que a implementação seja feita com sucesso", afirmou o chefe de Estado timorense, citado no comunicado.

Segundo o documento, o Orçamento já foi enviado para o Governo e o parlamento nacional.

O Orçamento de Estado para 2013 foi aprovado a 18 de fevereiro com 64 votos a favor.

À votação final global do Orçamento de Estado só faltou um dos 65 deputados, por se ter ausentado da sala.

Os 65 deputados representam quatro formações partidárias, três das quais pertencem ao Governo de coligação, liderado pelo primeiro-ministro, Xanana Gusmão, do Conselho Nacional da Reconstrução de Timor-Leste.

Integram também a coligação governamental o Partido Democrático, com oito deputados, e a Frente Mudança, com dois deputados.

O único partido da oposição é a Frente Revolucionária do Timor-Leste Independente (Fretilin), com 25 deputados.

Os deputados aprovaram um Orçamento do Estado no valor de 1,6 mil milhões de dólares (1,1 mil milhões de euros), menos 100 milhões de dólares do que o inicialmente proposto pelo Governo, que era de 1,7 mil milhões de dólares (cerca de 1,3 mil milhões de euros).

MSE // MLL.

Lusa/Fim
.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.