quinta-feira, 13 de março de 2014

Residência de Mauk Moruk cercada pela PNTL

.

Timor Hau Nian Doben - 13 de março de 2014

De acordo com a página no Facebook do jornal Tempo Semanal, a Polícia Nacional de Timor-Leste (PNTL) cercou hoje a residência do ex-comandante das FALINTIL, Mauk Moruk, em Fatuhada, que é também o quartel-general do Conselho de Revolução Maubere, organização a que preside.


" A PNTL está a fazer um cerco apertado na residência e quartel-general (de Mauk Moruk) e encontra-se neste momento em negociações com o Conselho de Revolução Maubere, antes de revistarem o local que fica perto de uma igreja protestante, na parte oeste da residência e quartel-general de Mauk Moruk", informou o citado jornal naquela rede social.
.
O referido periódico disse ainda que as estradas daquela localidade estavam cheias de agentes de segurança.

Uma fonte próxima ao antigo comandante das FALINTIL, disse esta manhã ao Timor Hau Nian Doben que o primeiro-ministro, Xanana Gusmão, esteve ontem reunido com o Procurador-Geral da República, José Ximenes, e "exigiu" que este assinasse e emitisse um mandato de captura a Mauk Moruk, ao que este recusou.
.
Esta operação policial vem na sequência do Parlamento Nacional (PN) ter aprovado uma resolução por unanimidade, na semana passada, a autorizar a polícia e o exército timorense a capturarem os grupos que são comandados por Mauk Moruk e Aitahan Matak, Conselho de Revolução Maubere e o Conselho Popular Democrático -República Democrática de Timor-Leste (CPD-RDTL), respetivamente.

O PN alegou estar preocupado com as movimentações no país dos referidos grupos e que estes possam ser um atentado para a paz e a estabilidade do país, todavia, o Presidente do CRM repudiou totalmente a resolução aprovada, afirmando que é " inconstitucional e nula, não tem qualquer valor jurídico" e acusou Longuinhos Monteiro e o Parlamento Nacional de serem "marionetas nas mãos do primeiro-ministro, Xanana Gusmão."

Relacionado:  Mauk Moruk: "Querem matar-nos antes da cimeira da CPLP começar em Díli" 
Mauk Moruk: "Xanana enalteceu-se e ordenou às marionetas criminosas para atacarem pessoas desarmadas" 
.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.