quinta-feira, 22 de maio de 2014

Quando o Estado timorense cair, não se levanta mais - PM Xanana não vai brincar com os membros do Governo

,

TVTL - 21 de maio de 2014 - Tradução de Timor Hau Nian Dobem

O Governo executou 15 por cento do Orçamento Geral do Estado para 2014, por isso o primeiro-ministro (PM) apela aos membros do governo para não brincarem demais.

De acordo com a lei do Orçamento Geral do Estado para o ano de 2014, o artigo 8.º permite ao ministério das Finanças de fazer a projeção para o Orçamento Geral do Estado para saber a percentagem de execução do mesmo.

Assim, na passada sexta-feira, o ministério das Finanças realizou um encontro no Timor Plaza para dar a conhecer a percentagem de execução aos membros do governo e a todas as instituições do Estado.

Com o resultado que foi demonstrado, o primeiro-ministro Kay Rala Xanana Gusmão pediu aos membros do governo para trabalharem mais na execução do orçamento.

"Eu (Xanana) quero apenas dizer que, nós repetimos, repetimos, repetimos sempre, voltamos e continuamos sempre na mesma, um problema é nós executarmos este orçamento, mais uma vez eu vos peço isto, quando é que isto vai andar bem, por isso vocês governem de acordo com este principio, por favor vocês todos emendem porque senão é a vossa divida-divida, os membros do governo recomendam que vocês hoje parem de brincar já, não precisam de brincar uns com os outros, senão, o nosso Estado ainda vai cair, quando nós cairmos, já não nos levantamos", disse Xanana.

Este ano é o ministério do Petróleo e dos Recursos Naturais que tem a percentagem maior de execução com 85 por cento, com a percentagem menor estão o SEPI e o CNE com quatro por cento.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.