quarta-feira, 23 de julho de 2014

Gabinete Presidencial: Guiné Equatorial, já é membro de pleno direito da Comunidade dos Países da Língua Portuguesa

.

Gabinete de Informação e Imprensa da Guiné Equatorial - Gabinete Presidencial - Tradução do Espanhol de Timor Hau Nian Doben

Está tudo confirmado. A República da Guiné Equatorial é o único país de Língua Espanhola que aderiu à Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Uma delegação equato-guineense, liderada pelo seu Chefe de Estafo, Sua Excelência Obiang Nguema Mbasogo, irá participar nos trabalhos da X Cimeira Ordinária dos Chefes de Estado e do governo desta comunidade.

Por consenso dos Estados-membros da CPLP, foi aprovado outorgar à República da Guiné Equatorial o estatuto de país membro de pleno direito no seio desta comunidade, que é constituída por oito países, cinco do continente africano. O nosso país será o sexto da África e o mais novo cronologicamente que aderiu a esta comunidade, que foi criada em 1996.

Desta forma, o próximo dia 23 de julho será um marco histórico para o povo da Guiné Equatorial e a partir desta data, o Português será a terceira língua do país depois do Espanhol e do Francês.

A cidade de Díli, capital da República Democrática de Timor-Leste, encontra-se nos últimos dias em pleno andamento para acolher as delegações dos distintos países, os membros de pleno direito, bem como os que foram observadores, nesta categoria estão a Guiné Equatorial e as Ilhas Maurícias desde 2006.

Devido ao esforço persistente do Chefe de Estado, esta integração tão antecipada na comunidade será realizada.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.