quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Objetivo da independência é acesso à saúde, educação e comida -- PR de Timor-Leste

.
Foto de Presidência da República de Timor-Leste.
Díli, 13 ago (Lusa) - O Presidente de Timor-Leste afirmou que o objetivo da independência é garantir o acesso à educação, saúde, e comida, e pediu às pessoas para colaborarem com as autoridades, refere em comunicado hoje divulgado a Presidência timorense.

"O povo é a força do Estado. A independência não foi o último objetivo, mas é a ponte para o bem-estar. Para tal é necessário cooperar com as autoridades de suco, o governo e o Estado. O verdadeiro objetivo da independência é garantir a saúde das nossas crianças, o acesso à educação, água, eletricidade e comida", afirmou o Presidente, Taur Matan Ruak, citado no comunicado.

O Presidente Taur Matan Ruak falava durante um diálogo com as comunidades de Dare e Balibar, no distrito de Díli.

O chefe de Estado timorense iniciou segunda-feira mais uma visita aos distritos do país, passando por Díli, Ainaro, Aileu e Manufahi.

Segundo o comunicado da Presidência timorense, as comunidades explicaram ao Presidente que as suas principais dificuldades são a falta de água, as condições das estradas e a falta de pagamento dos subsídios a alguns idosos e veteranos.

MSE // FV.

Lusa/Fim
.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.