sábado, 21 de março de 2015

CRM-FM pede ao "governo ilegal" para parar as operações durante a Páscoa

.

Timor Hau Nian Doben - 21 de março de 2015

Numa mensagem de telemóvel enviada hoje ao Timor Hau Nian Doben, o Conselho de Revolução Maubere - Fretilin Movimento (CRM-FM), liderado por Mauk Moruk, solicitou ao "governo ilegal" para respeitar a Páscoa e pararem durante esta época com as operações militares e policiais contra os membros desta organização.

"O CRM-FM pede ao governo ilegal para respeitar a época da Páscoa e os cristãos, e parar com a operação contra o líder do CRM-FM e os seus membros", disse.

"Depois da Páscoa podem continuar com as operações, pois nós estamos prontos para atuar contra este governo ilegal, a nossa tolerância para eles é zero", continuou.

O Conselho de Revolução Maubere criticou ainda a ida a Singapura para tratamento médico do primeiro-ministro, Rui Aráujo.

"O chefe deste governo ilegal ficou de repente doente e teve de largar a atividade de serviço ilegal para fazer o tratamento para salvar a sua vida no estrangeiro, se ele continuar assim, fica apenas o nome dele", declarou.

O líder do CRM-FM considera o novo governo liderado por Rui Aráujo "ilegal, cheio de criminosos, mafiosos e corruptos" e garante que não vai negociar nem se render.

"Não tenho  nenhuma intenção de me render ou dialogar com os mafiosos, porque este governo é ilegal. O Presidente da República devia de ter convocado eleições antecipadas e o Xanana não devia de ter elegido um assessorzeco para o substituir", disse o líder do CRM-FM ao Timor Hau Nian Doben há uns dias.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.