segunda-feira, 20 de abril de 2015

Operação SANITA termina amanhã sem sucesso -Timorenses mais pobres dois milhões de dólares

.

Timor Hau Nian Doben - 20 de abril de 2015

A operação policial e militar para capturar Mauk Moruk e os seus homens, termina amanhã, sem sucesso, e custou ao Estado timorense dois milhões de dólares, informou o jornal Suara Timor Lorosae.

Porém, os deputados ao Parlamento Nacional apelaram ao povo para não se preocupar com o dinheiro e querem prolongar por mais tempo esta operação conjunta , que engloba a Força de Defesa de Timor-Leste e a Polícia Nacional de Timor-Leste, e que tem o nome de código SANITA , para garantir a "estabilidade" no país.

"Eu acho que o grupo Mauk Moruk são poucas pessoas, mas existe alguns interesses de estragarem a nação, por isso é que é difícil nós lhes capturarmos, porque este grupo é ajudado pela nossa comunidade, alguns intelectuais e empresários, por isso é que é difícil apanharmos-lhes porque este grupo está com sede do poder", disse o deputado César Valente ao citado jornal.

O Timor Hau Nian Doben acabou de contactar o porta-voz do Conselho de Revolução Maubere-Fretilin Movimento (CRM-FM), Xabilaco, e pediu uma reação ao comentário de César Valente.

Xabilaco afirmou, "Mauk Moruk quer defender o povo que deu a vida por esta independência, porque até agora não há justiça. As pessoas que nunca sonharam com a independência (autonomistas) são agora os heróis e por esta razão é que Mauk Moruk permanece firme nas suas ideias, até que a justiça seja feita".

"O CRM-FM e o seu líder Mauk Moruk não se entregam, porque a justiça está cheia de projetos políticos e a justiça em Timor-Leste é uma empresa privada de algumas pessoas. Esta operação contra nós apenas fez vítimas entre o povo inocente. A informação espalhada pela Comando Operacional Conjunto é falsa, eles dizem que capturaram os nossos homens mas eles não capturaram nenhum membro do CRM-FM, eles capturaram foi  muitas pessoas do povo que não fazem parte do CRM-FM, para justificar os milhões de dólares que gastaram à toa, este dinheiro é do povo, povo esse que vive na miséria e passa fome", disse Xabilaco há minutos ao Timor Hau Nian Doben.

Um membro deste blogue, que se encontra em Baucau, acabou de mandar uma mensagem a dizer que a operação SANITA vai continuar até quarta-feira e que será feito um cerco para capturar Mauk Moruk e os seus homens em Laga, Quelicai e Baguia, distrito de Baucau. Todavia, esta operação não foi anunciada oficialmente.

A operação SANITA causou um morto e vários feridos que se encontram em estado grave. Este blogue sabe que pelo menos três pessoas foram tratadas no hospital, por terem sido baleadas pelas forças de segurança.

O governo Timorense desmente as atrocidades cometidas pelos polícias e militares contra a população, mas um relatório da Provedoria dos Direitos Humanas e Justiça acusou o Comando da Operação Conjunta  de "violar mesmo os Direitos Humanos" em Baucau.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.