domingo, 21 de junho de 2015

Dr. Rui Araújo, pelo amor de Deus não use a força contra L7

.


Zizi Pedruco

Venho aqui muito humildemente pedir, melhor, implorar ao primeiro-ministro Rui Araújo para que impere o bom senso e deixe o antigo comandante das Falintil, L7, usufruir do seu direito constitucional livremente, o de se manifestar.

Já percebi que invocar as leis é uma perda de tempo, ninguém me vai ouvir, ninguém quer saber o que a letra da lei diz.

Há dias que os ânimos andam "quentes" e é verdade que eu defendo o direito do Sr. comandante L7 de se manifestar, mesmo que ache que seja um bocado cedo para estarmos a julgar o trabalho deste governo. Mas eu sei também que esta decisão do Sr. Cornélio Gama não foi tomada em cima do joelho, esta decisão foi muito bem ponderada e o facto de a polícia estar a maltratar o povo em Baucau recentemente - bater, pontapear e estragar os pertences - foi de certeza absoluta o que gerou a revolta entre os veteranos e na pessoa de L7. A injustiça a que o povo é objeto hoje em dia é outra das causas. Na verdade, L7 tem toda a razão, toda a razão.

Travar esta manifestação vai resolver o quê na verdade? Nada, vai sim criar ainda mais ressentimento e revolta entre os veteranos e entre a população. Travando esta manifestação é, na minha opinião, criar uma "bomba-relógio" que estará pronta a rebentar a qualquer momento, Timor-Leste não precisa de mais violência, o povo de Timor-Leste já sofreu o quanto baste.

É verdade, os veteranos (muitos) não gostam de Rui Araújo por razões que eu não quero aqui enumerar por não serem neste momento relevantes, podem até ser válidas mas eu não quero mais gasolina no fogo, eu conheço alguns deles muito bem e sei de que força eles são.

Sabem queridos leitores, todos acusam os homens timorenses de serem machistas e tratarem mal as mulheres timorenses, eu devo ser a mulher timorense mais sortuda deste planeta. Casei-me com um timorense que me trata como uma princesa (não que eu o mereça muitas vezes) e os colaboradores deste blogue são TODOS veteranos e estes SENHORES, alguns deles estão comigo há muitos anos, são uns verdadeiros cavalheiros, tratam-me com um respeito, carinho e amizade fora de serie. E eu sou chata, estou sempre a chateá-los para procurarem informações, estou sempre interroga-los e com dois deles até me zango. Alguns tratam-me por mana, abin doben, ZP ;) e o Oan Kiak meu amigo do coração chama-me nakarten e mais outros nomes que ele inventa. São homens bons, bons mesmo e acreditem ou não sou eu quem oiço os lamentos e até os choros, sim choros, destes homens que por uma razão que eu desconheço e não percebo são considerados "inimigos do país". Não são nada, estes senhores são as PÉROLAS, AS JOIAS DA NOSSA TERRA!!!

Este blogue é tanto meu como deles, se lhes calam noutros lugares, aqui eles são livres de dizerem o que querem, doa a quem doer!

Dr. Rui Araújo, há dias Mauk Moruk telefonou-me e começou a conversa assim: "Estás a ver minha irmã, aqueles dois que tu gostas tanto estão prontos para usar a força contra os manifestantes, contra o povo...". Os dois que Mauk Moruk referia-se eram o  senhor (Rui Araújo) e o general Lere Anan Timur, quem me conhece sabe que eu sou um osso duro de roer, e que penso com a minha cabeça e não sou nenhum carneiro, é verdade que admirava muito o primeiro-ministro e o general Lere era um herói para mim, essa é que a verdade. Os veteranos que trabalham neste blogue sabem também que eu tenho admiração por um outro governante, o meu preferido, apesar das criticas que lhe dirijo muitas vezes, mas ele não é para aqui chamado agora porque até pediu à policia para rever a decisão da manifestação. Nem nos meus pesadelos eu acreditaria que Rui Araújo iria dar ordens para a polícia atirar contra homens desarmados, muito menos num dos nossos heróis, L7.

Não faça isso Dr. Rui Araújo, não faça isso por amor de Deus, não crie ódios entre nós, já bastou a coboiada em 1975 onde irmãos se mataram uns aos outros e ainda hoje as lágrimas de muitas famílias ainda não secaram, por favor não faça isso.

Eu sei muita coisa que não posso escrever mas eu posso dizer-lhe que ao não autorizar esta manifestação pacífica o governo de Rui Araújo é quem vai criar a instabilidade e gerar ódios entre os veteranos. O que ganha com isso Dr. Araújo? O que ganha Timor-Leste com isso? De que lado o senhor pensa que o povo vai ficar se isso acontecer? Até hoje o que beneficiou o povo de Timor-Leste com a independência? NADA VEZES NADA! Quem tem beneficiado são os oportunistas, os autonomistas e muitoooooossss que estiveram no estrangeiro durante os anos da invasão. Justo? NÃO! 

Há dias que ando muito preocupada com tudo isto e nos "bastidores" pedi a alguns meus amigos,que são pessoas que estão perto do comandante L7 para pararem com a manifestação, tenho medo que a polícia os magoe ou que sejam presos. Pedi, pedi várias vezes para pegarem na carta da PNTL e levarem a tribunal para o tribunal apreciar a legalidade da não autorização. Disse-lhes que após o tribunal dar um parecer, então sim, podiam continuar a manifestação em caso do parecer lhes ser favorável, o que teria de ser. Mas, os meus esforços foram em vão, "Pai L não vai parar agora, quem lhe disser para parar vai ser considerado um traidor, ele é o nosso comandante e nós respeitamos as decisões dele". Não posso fazer mais nada, quem sou eu para parar o comandante L7, até porque ele TEM TODA A RAZÃO, TODA A RAZÃO! Ah, se todos fossem como este senhor...

Ontem li uma coisa no Facebook do Dr. António Guterres, um intelectual timorense e em poucas palavras ele resumiu o que eu só consigo dizer com muitas palavras.

"O nosso irmão mais velho L7 veio com um movimento com o nome: Movimento de Salvação Nacional para fazer uma manifestação contra a corrupção e injustiça. O Parlamento Nacional e o Governo com má vontade não autorizaram que esta manifestação se realizasse mas não usam ou fundamentam com argumentos que convencem. (...) Para mim, este é o momento ideal para o Dr. Rui Araújo se erguer e abraçar os problemas do passado da RDTL e promover o diálogo político para reforçar a unidade entre os veteranos." - António Guterres.

Não podia concordar mais com o que António Guterres disse, esta é a oportunidade de ouro para o diálogo, para estabelecer pontes para chegar aos corações dos veteranos. Não perca esta oportunidade doutor Rui Araújo, o senhor permita essa manifestação (que carece de acordo com a lei, de autorização) e tenha a coragem de ir ouvir o que lhes preocupa, o sofrimento deles e o senhor ganha amigos, quem sabe até votos...Diz-lhe quem sabe o que está a dizer...

Usar a força contra os nossos veteranos, os senhores irão tornar-se em criminosos como os militares indonésios e estes homens não tiveram medo nenhum dos indonésios, lutaram até ganharem. Vão ter medo de vocês? Não brinquem...

Vou-vos contar um segredo, sabem como é que se chega aos veteranos, como se faz para eles confiarem em nós? Não é fácil, são muito desconfiados, comigo até confiarem em mim foi o cabo das tormentas, fizeram-me com cada rasteira para ver se eu os traia, não caí em nenhuma delas...Mas hoje eles confiam em mim, o segredo é a honestidade, frontalidade, escuta-los e validar o sofrimento deles, que é grande, grande demais.

Por favor Dr. Rui Araújo, por amor de Deus não use a força contra o comandante L7 nem contra os manifestantes, seria um crime!

A razão, justiça e a democracia têm de imperar na nossa terra e nunca a força ou a violência.

Deus vos proteja, meus irmãos queridos! Como vocês me dizem para me acalmar, "Ita nia matebian sei fo tulun ba ami hotu".
.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.