sexta-feira, 12 de junho de 2015

Santo António - Feliz Dia de Santo António!

.
Feliz Santo António, Quico! ;)

Fernando Pessoa

Nasci exactamente no teu dia —
Treze de Junho, quente de alegria,
Citadino, bucólico e humano,
Onde até esses cravos de papel
Que têm uma bandeira em pé quebrado
Sabem rir…
Santo dia profano
Cuja luz sabe a mel
Sobre o chão de bom vinho derramado!
.
Santo António, és portanto
O meu santo,
Se bem que nunca me pegasses
Teu franciscano sentir,
Católico, apostólico e romano.
.
(Reflecti.
Os cravos de papel creio que são
Mais propriamente, aqui,
Do dia de S. João…
Mas não vou escangalhar o que escrevi.
Que tem um poeta com a precisão?)
.
Adiante … Ia eu dizendo, Santo António,
Que tu és o meu santo sem o ser.
Por isso o és a valer,
Que é essa a santidade boa,
A que fugiu deveras ao demónio.
És o santo das raparigas,
És o santo de Lisboa,
És o santo do povo.
Tens uma auréola de cantigas,
E então
Quanto ao teu coração —
Está sempre aberto lá o vinho novo.

.
Nota: A todos os meus amigos com quem durante tantos anos festejei em grande o Santo António em Lisboa, Feliz Dia de Santo António e aqui vai um grande beijinho cheio de saudades! Um jarro de sangria para vocês, pago eu! ;) Ahhh, e a quem eu fiz promessas de Santo António e não cumpri, olhe, que me perdoe...;) :P Ohhh, não se zangue...Vá..."Recordar é viver" doutor Quico! ;) ;)  E...àquele lindo cavalheiro, :);) que me ofereceu manjericos durante tantos anos, mas perdia a paciência porque eu não sabia qual a quadra que queria, "São todos iguais Rosarinho",vai um beijo muito grande, impaciente que o senhor era Dr. Quico!:) Quem vai às festas hoje à noite, divirta-se! Bjs com muitas saudades.Rosarinho.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.