quinta-feira, 2 de julho de 2015

TAUR MATAN RUAK DEU INSTRUÇÕES PARA MATAR MAUK MORUK

.

Timor Post - 02 de julho de 2015 - Tradução de Timor Hau Nian Doben

Díli - O Presidente da República (PR), Taur Matan Ruak, deu instruções ao Comando da Operação Conjunta (COC) para matar a tiro o Presidente do Conselho de Revolução Maubere (CRM), Paulino Gama e o seu grupo se estes continuarem a não querer render.

"Nós recebemos ordens do Presidente para apertar, para captura-lo (Mauk Moruk) vivo ou morto. O Presidente e o governo têm apenas um pensamento, disse ontem aos jornalistas o porta-voz do COC, o vice-chefe do Estado Maior da Força de Defesa de Timor-Leste (F-FDTL), Filomeno Paixão, no Palácio Presidencial, após o encontro com o Chefe de Estado.

Paixão disse que, nesta altura o COC não tenta mais aproximações com Mauk Moruk apenas irá usar a força para capturar e cercar de modo a prender Mauk Moruk, vivo ou morto.

"A operação apertou ainda mais, o cerco apertou ainda mais. Não há mais aproximação, agora é apertar e cercar para capturar vivo ou morto", disse Paixão.

Relativamente às exigências do antigo comandante da resistência da região III, Cornélio Gama com o nome de guerra L7, que é o irmão mais velho de Mauk Moruk e pediu ao ex Presidente da República José Ramos Horta, premiado com o Nobel da Paz, para encontrar uma solução para resolver o problema de Mauk Moruk, Paixão disse que L7 não manda nas F-FDTL mas sim o Estado e as F-FDTL, por este motivo o COC irá tratar Mauk Moruk e o seu grupo como inimigos.

"L7 não manda nas F-FDTL, só o Estado é que manda nas F-FDTL", afirmou Paixão.

O ministro da Defesa, Cirilo Cristóvão e o ministro do Interior Longuinhos Monteiro reuniram-se com o Chefe de Estado, Taur Matan Ruak, para informarem o trabalho do ministério da Defesa e do Interior, bem como a situação interna do país.

Durante este encontro foi discutido o caso de Mauk Moruk, que já aconteceu três vezes no município de Baucau no posto administrativo de Laga e de Baguia.

Os atos praticados por Mauk Moruk e o seu grupo no município de Baucau, posto administrativo de Laga e Baguia foram: assalto à polícia no suco de Saelari, posto administrativo de Laga, assalto à polícia no posto administrativo de Baguia e agora feriram um soldado em Laga.

Com estas ações de Mauk Moruk o COC intensificou ainda mais as forças de segurança de modo a capturarem Mauk Moruk, porém, quando no terreno o grau de ameaça for grande o COC irá balear Mauk Moruk.
.
"Depende do grau de ameaça no terreno, as regras de empenhamento já foram reguladas. o comando da operação no terreno é quem irá decidir o grau da ameaça", declarou o ministro da Defesa, Cirilo Cristóvão.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.