terça-feira, 11 de agosto de 2015

Governo falsificou resultados da autópsia de Mauk Moruk

.

Timor Hau Nian Doben - 11 de agosto de 2015

De acordo com o conceituado jornalista Australiano, Ted McDonnell, ele afirmou ao Timor Hau Nian Doben que uma fonte próxima da família de Mauk Moruk lhe disse que o governo falsificou os resultados da autópsia do antigo comandante das Falintil, que foi assassinado pelas forças de segurança no passado sábado.

"Acabei de receber uma mensagem a dizer que os resultados da autópsia são favoráveis ao governo. A autópsia diz que Mauk Moruk caiu da montanha e por isso o seu corpo foi destruído, o governo mente descaradamente", declarou McDonnell a este blogue.

O jornalista Australiano tentou obter declarações junto ao primeiro-ministro Rui Araújo através do Facebook, porém, o chefe do executivo recusou  a prestar quaisquer declarações.

Ted McDonnell questionou Rui Araújo se os outros homens de Mauk Moruk que foram assassinados na mesma altura "também caíram de várias montanhas?". O chefe do governo mais uma vez não respondeu.

"Primeiro-ministro eu tenho informações de Timor-Leste de que a autópsia de Mauk Moruk foi já concluída e o resultado é que Mauk Moruk morreu porque caiu de uma montanha? Esta é a mesma pessoa que fez a autópsia de Alfredo Reinado? Eu tenho fotos de Mauk Moruk dentro de um saco amarelo - tenho intenções de as publicar - antes de ele ter sido cozido e claramente demonstram que ele foi baleado mortalmente. O quanto este processo foi corrompido?", questionou Ted McDonnell.

 "Como é que alguém ou algum país soberano pode acreditar na seriedade de Timor-Leste e no governo liderado por Rui Araújo quando corrupção e manipulação chegam a pessoas mortas e falsificam as suas autopsias?", insistiu o jornalista Australiano.

As questões pertinentes de Ted McDonnell ficaram sem resposta por parte de Rui Araújo pois este recusou a responder.

Perante as recusas de Rui Araújo a responder as questões, Ted McDonnell declarou ao chefe do executivo que "ele terá de responder aos padres dele e a Deus".

Rui Araújo em resposta às declarações do jornalista entrou ao ataque insultando as capacidades profissionais de um sénior e notável jornalista da Austrália. Ted McDonnell é um proeminente profissional de comunicação social que ao longo dos anos acumulou prémios nacionais e internacionais pela sua dedicação a esta profissão. McDonnell é também patrono de um dos orfanatos em Timor-Leste e trabalha pro bono para diversas instituições de caridade, australianas e internacionais.

O Timor Hau Nian Doben atesta a veracidade das declarações de Ted McDonnell quando o jornalista Australiano diz que está na posse de fotos que provam que Mauk Moruk foi baleado mortalmente. Este blogue está em poder também de fotos tiradas ao cadáver do antigo Comandante das Falintil.

As fotos demonstram claramente que Mauk Moruk foi selvaticamente baleado mortalmente, tendo ficado com parte da sua cara totalmente desfigurada. Por respeito à família nesta hora de dor e de luto, nós não publicaremos ainda as fotos, todavia elas serão divulgadas num futuro próximo.

Segundo outra fonte deste blogue que viu o corpo, ela afirmou que "partes do corpo estão  totalmente esburacadas e as pernas a família não conseguiu sequer endireita-las dentro do caixão porque as pernas levaram tiros até rebentar a perna direita".

Foi informado a este blogue que as autoridades timorenses estão a obrigar a família de Mauk Moruk " para levar depressa o corpo do Pai Mauk para Laga e enterrar imediatamente".

"Nós não valemos nada para os governantes", afirmou com profunda tristeza uma fonte próxima ao antigo Comandante das Falintil a este blogue.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.