terça-feira, 20 de outubro de 2015

Taur considera o desluto nacional um programa hipócrita

.

Suara Timor Lorosae - 20 de outubro - Tradução para o Português de Zizi Pedruco

Ainaro- O programa do governo para fazer o desluto nacional tem como objetivo queimar o luto, para que o povo não se divida mais, porém, o povo não está dividido e isto demonstra que este programa é fingido, para que algumas pessoas continuem a viver bem.

De acordo com o Presidente da República, Taur Matan Ruak, muitas pessoas não aceitam esta proposta do desluto nacional do Estado, porque muitas pessoas morreram e ainda não foram encontradas e muitas pessoas ainda não foram enterradas.

"O desluto nacional de acordo com os usos e costumes tem como objetivo nos organizarmos. Apesar de neste momento não estarmos dispersados, apesar de neste momento o povo não estar dividido, porém, alguns fingem não perceber o processo (do desluto) para que assim consigam atingir os seus objetivos de viverem bem", afirmou Taur no passado domingo, em Ainaro, numa cerimónia de assinatura de uma placa em homenagem ao saudoso Tigri Kablak. 

Taur declarou que muitas pessoas questionam porque muitos mortos ainda não foram todos enterrados, contudo fizeram o desluto nacional e muitas pessoas interrogam o tirar o luto, porque muitos timorenses ainda estão por enterrar.

O Chefe de Estado disse que Timor-Leste para alcançar a independência todo o povo sofreu para ganhar esta guerra, por este motivo há que continuar a esforçar para melhorar a vida do povo. Todos os timorenses têm de continuar unidos.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.