quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Taur Matan Ruak ameaça vetar o OGE para 2016

.

Timor Hau Nian Doben - 03 de dezembro de 2015

O Presidente da República, Taur Matan Ruak, ameaçou vetar o Orçamento Geral do Estado (OGE) para 2016 se as despesas para as infraestruturas não forem diminuídas e se não aumentarem os valores orçamentais para a educação, saúde e agricultura, informou hoje a imprensa local.

Segundo o jornal Suara Timor Lorosae, Matan Ruak urgiu ao Parlamento Nacional que fosse diminuído o montante orçado para as infraestruturas e que fossem elevados os valores dos setores da agricultura, saúde e educação.

"Eu apelo ao Parlamento para baixar o orçamento para os projetos das infraestruturas, porque cada ano a capacidade para os executar é menor e solicito que haja um aumento no orçamento para o saneamento, agricultura, água potável, saúde e educação", declarou o Chefe de Estado ao referido matutino.

Taur Matan Ruak pediu ainda um equilíbrio entre os grandes projetos e os básicos que são necessários para o povo, "porque os planos para o aeroporto vão custar milhões mas não há orçamento para a água potável para o povo".

Durante a estada em Oecússi para as comemorações do 40.º aniversário da Independência no passado dia 28 de novembro, o Presidente da República encontrou-se também com a  comunidade local onde teceu algumas criticas ao projeto ZEESM ( Zonas Especiais de Economia Social de Mercado) especificamente pelo facto de o  governo estar a injetar  neste projeto milhões de dólares em detrimento dos outros 12 distritos do país. Matan Ruak disse que nos outros  municípios  o povo vai ter de "apertar a barriga".

O deputado da Fretilin, Aniceto Guterres, em declarações à imprensa afirmou que a bancada parlamentar do partido de Alkatiri está "extremamente preocupada com as transferências orçamentais para a ZEESM".

Outra força politica, o Partido Democrático (PD), exigiu que fosse o primeiro-ministro a explicar o projeto ZEESM e não aceita explicações do Presidente do projeto de Oecússi, Mari Alkatiri.

O deputado do PD, Virgílio Hornai, disse que, "o público precisa de se inteirar no projeto ZEESM porque os montantes alocados são extremamente elevados e por isso, quer queiram quer não, tem de ser executado de forma transparente".

O OGE para 2016 está orçado em 1.562,233 milhões de dólares americanos e foi apresentado ao Parlamento Nacional pelo governo liderado por Rui Araújo, na passada sexta-feira.
.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.